Referência e deferência

Autores

  • Flávio R. Kothe UnB

Palavras-chave:

Ensino superior, Formação acadêmica, Universidade

Resumo

Só com a Constituição de 1988 é que se passou a exigir bancas isentas no provimento de cargos no serviço público. A universidade brasileira é recente, não soube ainda interiorizar valores acadêmicos. Ela não concentra gênios, não conta com detentores do prêmio Nobel, não tem uma política sistemática de captação de talentos, formação de centros de excelência. Nivela pelo mínimo denominador comum. Ela tem muito ainda a caminhar no âmbito da ética acadêmica. Quando um professor produz algo melhor, há forte tendência ao despeito em vez de se ter respeito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio R. Kothe, UnB

Doutor em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) 
Universidade de São Paulo

Publicado

29/06/2022

Como Citar

Kothe, F. R. (2022). Referência e deferência. Revista Mosaicum, 35(35). Recuperado de https://revistamosaicum.org/mosaicum/article/view/529

Edição

Seção

Ensaio(s)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)